MonkeyBusiness
Peça o seu orçamento aqui!

A ciência comprova: bullet points em apresentações são ruins

Não basta apenas recomendar aos profissionais que diminuam drasticamente o uso de bullet points em apresentações profissionais (até mesmo evitar). Pois alguns ainda desconfiam de que o método de priorizar imagens ao invés de texto é “radical demais”, “coisa para jovem de agência, eu sou corporativo” etc.

Bom, para os mais céticos, eis a ciência ao nosso favor: bullet points em apresentações são ruins.

Dessa forma, sem mais delongas. Vamos apresentar as duas justificativas cientificamente comprovadas para você parar de usar bullet point em suas apresentações:

Bullet points em apresentações inutiliza o valor da visualização

Ano passado o International Journal of Business Communication divulgou os resultados de um estudo chamado “O uso da visualização na comunicação de estratégias de negócios”. Um estudo com objetivo de apresentar a vantagem do visual sobre texto. Assim, o resultado foi de que listagem de texto são completamente ineficazes, e que slides com imagens são inquestionavelmente mais eficazes.

Por que? De acordo com o estudo, as pessoas que são expostas à representações gráficas de qualquer informação prestam mais atenção. Além disso, elas compreendem mais e memorizam melhor do que apenas um monte de tópicos agrupados.

Isso significa que quando você cria bullet points, você força a audiência a prestar atenção no slide de uma forma negativa. Isto é, cansativa demais. E, cansados, terão dificuldades para compreender ou até mesmo reter aquela informação.

Bullet points em apresentações e o limite da memória

Assim como o HD de um computador, também temos limites. Não é à toa que cientistas também afirmam que utilizamos apenas 10% (ou menos, não lembro) de nossa capacidade cerebral. A psicóloga e consultora de UX (User Experience) para empresas como Microsoft e BBC, Dra. Chris Atherton, descobriu que nosso limite de memória faz com que bullet points sejam ruins, ineficazes.

Por quê? Quando apresenta-se com bullet points, condiciona a audiência a alternar seu foco entre ouvir e ler, e isso é cognitivamente exaustivo. Então, ao trocar bullet points por uma mensagem por slide e uma imagem que represente o contexto da informação, a audiência usa esse poder cognitivo para processar e reter a mensagem.

Dadas as justificativas acima, se você aceitar e compreender as razões para não utilizar bullet point em apresentações, então a leitura daqui em diante irá ajudar na hora de transformar seu texto em uma mensagem mais visual:

Então, o que fazer para evitar o uso de bullet points em apresentações?

1 . Use imagens relevantes para o texto, evite aquele uso irracional de clip-art onde víamos qualquer tipo de imagem sem critério algumas inseridas em slides que não tinham qualquer relação.

2 . Reduza o texto até encontrar o ponto de simplicidade onde você consegue expressar o que precisa com a menor quantidade possível. Não significa abreviar palavras, mas sim em falar mais com menos (palavras), estimular a leitura rápida para que a mensagem seja fixada e compreendida rapidamente pela audiência.

3 . Uma mensagem por slide e você se sairá bem. Cada slide representa um momento onde você “pede” atenção da audiência, e quando ela te dá atenção você precisa aproveitar muito bem comunicando uma mensagem por vez – ao invés de uma lista com 5, 10, 20…50 tópicos!

Aquele papo de beleza interior não funciona em comunicação. Por mais que você valorize seu conteúdo e ele seja exuberantemente rico e inteligente, o cérebro humano continuará sendo influenciado por imagens – não lute contra nossa biologia, jogue a favor, e faça uma comunicação em suas apresentações profissionais de forma inteligente, que gere uma mensagem com resultado.

Somos o MonkeyBusiness: Estúdio de Motion Design! Produtora de Vídeo, Estúdio de Animação e Agência de Apresentações Criativas. Apaixonados pelo poder de comunicação do Motion Design e especialistas em Apresentação Corporativa.

Conte com o MonkeyBusiness. Somos um estúdio de Motion Design completo. Uma Produtora de Vídeo de São Paulo. Um Estúdio de Animação. Uma Agência de Apresentações criativas.

Temos times de atendimento, planejamento, roteiro, direção de arte e motion design especialistas. Todos eles dedicados a criar vídeos, animações e apresentações. Com o objetivo de transformar conteúdo corporativo em audiovisual. Estamos prontos para trabalhar no seu próximo projeto em Motion Design. Seja ele em vídeo, animação ou apresentação. Clique aqui e vamos falar sobre sua próxima animação, vídeo ou apresentação!

MonkeyBusiness: seu estúdio de animação. Produtora de vídeo. E agência de apresentações criativas

Estúdio de animação. Produtora de vídeo. Agência de apresentações criativas com Motion Design. Acreditamos na estratégia, roteiro e motion design para uma comunicação mais eficiente, inteligente e, logicamente, animada. www.monkeybusiness.com.br. Veja mais nos nossos canais do Vimeo e Youtube.



® 2009 MonkeyBusiness LTDA

Estúdio de motion design de São Paulo SP
Produtora Audiovisual / Estúdio de animação / Agência de apresentações profissionais especializados em produção de vídeos, criação de animações e de apresentações criativas

Termos de uso / Privacidade
Fechar
Fechar
Ao enviar o formulário, eu declaro que estou de acordo com a Política de Privacidade. Ou entre em contato diretamente pelo e-mail do nosso time de atendimento comercial especialistas em motion design corporativo aqui: contato@monkeybusiness-com-br.umbler.net.
Ao enviar o formulário, eu declaro que estou de acordo com a Política de Privacidade.
WhatsApp

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.