MonkeyBusiness
Peça o seu orçamento aqui!

Storytelling: os grandes e os pequenos

Storytelling pode salvar sua apresentação. Ou afunda-la. O que ele precisa para ser bom?

Você está no palco, sozinho, com as luzes na sua cara, olhando para o microfone com medo. Existem pessoas em todos os lugares. Na sua frente, atrás, ao seu redor. Você está cercado por um oceano de rostos sérios, estáticos, todos eles aguardando as suas palavras.

Todos olham para você com fome, como os leões no Coliseu. Lutando para se livrar dessa situação e ainda petrificado, você pega o microfone, abre a boca para falar e nada sai. Então você percebe que, faça o que fizer, aconteça o que acontecer, não importa o quão duro você tente, as palavras simplesmente não virão.

Não há mais o que fazer. A hora passou, o timing acabou e o seu discurso está arruinado.

Ok, essa é uma cena bastante conhecida. É a cena de abertura do filme ganhador do Oscar “O Discurso do Rei“. E é o que podemos chamar de grande história (ou grande Storytelling). Isso porque se trata de uma grande história, rica em detalhes e de interpretação. Uma história cheia de personagens profundos e muito bem interpretados, como o rei inglês George VI, sua esposa Elizabeth, e o excêntrico fonoaudiólogo Logue Lionel.

Os pilares das histórias

Mas pense que, por trás desta história (e por trás de todas grandes histórias) existem muitas histórias menores. Todas elas com menos detalhes e personagens, e que constroem as grandes histórias. Funcionam como seus pilares.

Veja por exemplo o sucesso de Game Of Thrones. Como grande história, ele é simplesmente o retrato de uma briga política pelo domínio do reino de Westeros. Ok, até ai nada demais. No entanto, o que transforma Game of Thrones numa grande história? As pequenas histórias que a compõe. E para quem leu os pocket books da série, vai perceber que os capítulos são exatamente divididos em micro histórias de cada personagem da trama. E isso se repete nas outras grandes séries.

O que seria de Mad Men sem as tramas que cercam a vida de Don Draper? Somente uma série sobre a vida numa agência de publicidade fictícia dos anos 50. Nada de empolgante. Dessa maneira, percebemos a força das pequenas histórias.

Histórias podem ter qualquer tamanho. Só tem que ser boa.

Isso tudo é para chegarmos num ponto que queremos defender: Quando falamos sobre Storytelling, muitas pessoas pensam que só servem as histórias Hollywoodianas, recheadas de grandes produções, atores e interpretações invejadas. Mas se voltarmos ao básico do Storytelling, sabemos que toda estrutura é baseada em três partes: Personagem – conflito – objetivo. Parece muito básico, mas todas as pequenas histórias são baseadas nesses pilares, e todas juntas formam grandes histórias. Embora um caso amoroso de Don Draper não daria uma série, ele é importante para a trama principal. E assim seguimos.

Afinal: um grande storytelling é composto de pequenos storytellings

Muitas vezes, antes de chegarmos nas grandes histórias, temos que criar muito bem as pequenas que vão sustenta-la. E essas pequenas histórias funcionam como o tempero extra que a sua grande história precisava para ser única. Os flashbacks de Lost, as famílias de Game of Thrones. Perceba que, sem isso essas histórias não seriam grandes coisas.

Concluindo: Grandes Storytellings e pequenos Storytellings. De fato eles não são iguais, não possuem o mesmo objetivo. Mas são interdependentes. Como você vem cuidando dos seus pequenos Storytellings?

Somos o MonkeyBusiness: Estúdio de Motion Design! Produtora de Vídeo, Estúdio de Animação e Agência de Apresentações Criativas. Apaixonados pelo poder de comunicação do Motion Design e especialistas em Apresentações com Storytelling.

Conte com o MonkeyBusiness. Somos um estúdio de Motion Design completo. Uma Produtora de Vídeo de São Paulo. Um Estúdio de Animação. Uma Agência de Apresentações criativas.

Temos times de atendimento, planejamento, roteiro, direção de arte e motion design especialistas. Todos eles dedicados a criar vídeos, animações e apresentações. Com o objetivo de transformar conteúdo corporativo em audiovisual. Estamos prontos para trabalhar no seu próximo projeto em Motion Design. Seja ele em vídeo, animação ou apresentação. Clique aqui e vamos falar sobre sua próxima animação, vídeo ou apresentação!

MonkeyBusiness: seu estúdio de animação. Produtora de vídeo. E agência de apresentações criativas

Estúdio de animação. Produtora de vídeo. Agência de apresentações criativas com Motion Design. Acreditamos na estratégia, roteiro e motion design para uma comunicação mais eficiente, inteligente e, logicamente, animada. www.monkeybusiness.com.br. Veja mais nos nossos canais do Vimeo e Youtube.



® 2009 MonkeyBusiness LTDA

Estúdio de motion design de São Paulo SP
Produtora Audiovisual / Estúdio de animação / Agência de apresentações profissionais especializados em produção de vídeos, criação de animações e de apresentações criativas

Termos de uso / Privacidade
Fechar
Fechar
Ao enviar o formulário, eu declaro que estou de acordo com a Política de Privacidade. Ou entre em contato diretamente pelo e-mail do nosso time de atendimento comercial especialistas em motion design corporativo aqui: contato@monkeybusiness-com-br.umbler.net.
Ao enviar o formulário, eu declaro que estou de acordo com a Política de Privacidade.
WhatsApp

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.