MonkeyBusiness
Peça o seu orçamento aqui!

Stay Hungry. Stay Foolish

Falando sobre Steve Jobs

Mais uma vez o assunto é Steve Jobs. Um ícone moderno, e que tinha aquele tipo de humildade que só os grandes têm, quando fez uma piada com a plateia dizendo: “Eu nunca me formei na faculdade. Isso é o mais próximo que já cheguei de uma formatura de faculdade.”

Mais que isso, mais que um grande apresentador, Steve domina como ninguém a técnica de Storytelling. É isso que vemos no seu discurso aos formandos pela Universidade de Stanford, em 2005. São três histórias pessoais, onde cada uma passa uma mensagem para os novos formandos.

Steve Jobs: O início

A primeira história é sobre porque ele deixou a faculdade. Steve conta que sua mãe biológica não era formada, e quando o colocou para adoção, quis que um casal de pessoas formadas no ensino superior o adotassem. Mas isso não aconteceu. Ou seja, sua mãe adotiva não se formou na faculdade e seu pai adotivo não se formou do colégio. A saber, sua mãe biológica somente aceitou que Steve Jobs fosse adotado por eles, por que eles garantiram que ele ia para a faculdade. Isso de fato aconteceu, 17 anos depois, quando Steve Jobs ingressou em Stanford, o que custou todas as economias de seus pais.

Connecting the dots (ligando os pontos)

Steve deixou a faculdade quando percebeu que ainda não sabia o que fazer da vida. Passou dificuldades, viveu em casa de amigos, mas garante ter sido a melhor decisão da sua vida (e quem somos nós para duvidar?). Então resolveu fazer um curso de caligrafia, e lá aprendeu sobre serifas, sem serifas, etc.
Para ele, o curso de caligrafia foi fundamental para a criação do Macintosh. Ou seja, se Steve Jobs não tivesse largado a faculdade e ingressado no curso de caligrafia, os computadores nunca teriam a interface que tem hoje. Foi um pouco longe? Talvez, mas não deixa de ser uma ótima história. Para concluir: Era impossível ligar esses pontos quando Steve largou a faculdade, mas hoje, eles são muito claros.

Love and Loss (amor e perdas)

A segunda história é sobre amor e perdas. Steve se julga um cara de sorte, porque encontrou o que ele ama fazer. Aos 20 anos começou o projeto do Macintosh, aos 30 tinha uma empresa de 2 bilhões de dólares e foi demitido. Mas como Steve Jobs pôde ter sido demitido da empresa que criou? Por divergências sobre quais rumos a Apple tomaria. De fato Steve ficou devastado com a demissão. Pensou em se mudar do vale do silício, quando se deu conta de que ainda amava aquilo. Foi dispensado, mas ainda amava aquela empresa.

Mais uma vez, Steve pega um momento ruim da sua vida e o coloca como um momento mágico. Assim como ter deixado a faculdade, ter sido demitido reascendeu a chama do iniciante nele. Foram os 5 anos mais criativos da sua vida, onde ele criou a Next e comandou a Pixar e o primeiro filme de animação do mundo: Toy Story. A Apple comprou a Next e Steve Jobs voltou ao grande amor da sua vida. As vezes a vida vai te acertar na cabeça com um tijolo. Não perca a fé.

Steve Jobs:Death (morte)

Por fim, sua terceira história é sobre Morte. Aos 17 anos Steve Jobs ouviu uma frase que o marcou: “Se você viver todos os dias como se fosse o último, um dia você estará certo.” Viver todos os dias como se fossem os últimos, o faz perceber que você não tem nada a perder. Então siga o seu coração. Steve conta quando foi diagnosticado com câncer de pâncreas, um câncer difícil e com pouca probalidade de cura. Foi diagnosticado com 3 a 6 meses de vida, mas conseguiu fazer uma cirurgia e aparentemente foi curado. Steve conclui que a vida é curta, portanto não a desperdice vivendo a vida de outras pessoas. Siga seu coração por que ele é o único que sabe o que você realmente quer ser.

Seu conselho final é tirado da contra-capa do último exemplar de almanaque que ele gostava de ler quando era mais novo, chamado Whole Earth Catalog. Ele mesmo o descreve como uma espécie de Google analógico, 35 anos antes do buscador nascer. A contra-capa trazia a frase stay hungry, stay foolish como uma frase de despedida para os fãs da publicação. Mantenha-se faminto por coisas novas, mas certo de sua ignorância.

Percebe como 3 simples histórias de vida são fundamentais para prender a atenção da audiência? Steve Jobs passa a sua mensagem com suas histórias. Histórias, que como o próprio diz, são apenas histórias. Mas que fazem toda a diferença na hora de se transmitir uma mensagem.

Somos o MonkeyBusiness: Estúdio de Motion Design! Produtora de Vídeo, Estúdio de Animação e Agência de Apresentações Criativas. Apaixonados pelo poder de comunicação do Motion Design e especialistas em Apresentações Criativas.

Conte com o MonkeyBusiness. Somos um estúdio de Motion Design completo. Uma Produtora de Vídeo de São Paulo. Um Estúdio de Animação. Uma Agência de Apresentações criativas.

Temos times de atendimento, planejamento, roteiro, direção de arte e motion design especialistas. Todos eles dedicados a criar vídeos, animações e apresentações. Com o objetivo de transformar conteúdo corporativo em audiovisual. Estamos prontos para trabalhar no seu próximo projeto em Motion Design. Seja ele em vídeo, animação ou apresentação. Clique aqui e vamos falar sobre sua próxima animação, vídeo ou apresentação!

MonkeyBusiness: seu estúdio de animação. Produtora de vídeo. E agência de apresentações criativas

Estúdio de animação. Produtora de vídeo. Agência de apresentações criativas com Motion Design. Acreditamos na estratégia, roteiro e motion design para uma comunicação mais eficiente, inteligente e, logicamente, animada. www.monkeybusiness.com.br. Veja mais nos nossos canais do Vimeo e Youtube.



® 2009 MonkeyBusiness LTDA

Estúdio de motion design de São Paulo SP
Produtora Audiovisual / Estúdio de animação / Agência de apresentações profissionais especializados em produção de vídeos, criação de animações e de apresentações criativas

Termos de uso / Privacidade
Fechar
Fechar
Ao enviar o formulário, eu declaro que estou de acordo com a Política de Privacidade. Ou entre em contato diretamente pelo e-mail do nosso time de atendimento comercial especialistas em motion design corporativo aqui: contato@monkeybusiness-com-br.umbler.net.
Ao enviar o formulário, eu declaro que estou de acordo com a Política de Privacidade.
WhatsApp

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.