MonkeyBusiness
Peça o seu orçamento aqui!

Jornal Valor Econômico em defesa do PowerPoint

Semana passada, mais precisamente no dia 26 de julho, fizemos um post sobre o artigo do nosso amigo Tim Harford, da coluna “The Undercover Economist”, para o Financial Times defendendo o PowerPoint (veja aqui). E novamente estamos aqui em defesa do PowerPoint.

E hoje vemos que o mesmo artigo está no Valor Econômico. Jornal que assinamos aqui na agência e que já fomos matéria esse ano (Matéria “Como ir do ódio ao amor com o PowerPoint”). Não pudemos deixar de comentar. Afinal, ficamos felizes com a posição de Tim Harford. E principalmente pelo fato de um Jornal com a importância do Valor Econômico ter dado um espaço para o tema. Como já praticamente comentamos o artigo inteiro no post anterior, vamos somente colocar os highlights dessa defesa do PowerPoint nesse. Vamos lá:

Tim Harford começa dicordando de outra colunista de jornal, Lucy Kellaway. Que em sua matéria sobre novas visões do mundo dos negócios disse que o PowerPoint deveria ser banido. O argumento é simples. Muitas apresentações em PowerPoint são ruins demais. Isso é verdade, mas de maneira nenhuma é motivo para sua proibição.

MonkeyBusiness e Valor Econômico em defesa do PowerPoint

Ferramentas úteis podem produzir resultados terríveis em mãos erradas. O mesmo vale para o PowerPoint. Afinal, ele é frequentemente mal usado. E o resultado é que a culpa dos trabalhos entediantes deve ser atribuída a quem os fez. Muitas das apresentações ruins que as pessoas fazem com a ajuda do PowerPoint seriam ruins de qualquer maneira.

O PowerPoint não é o melhor software do planeta. Mas, apesar das suas falhas, o PowerPoint realiza duas tarefas bastante úteis. Ele permite escrever rapidamente notas em uma apresentação e exibir slides com imagens e gráficos. Além de projetar auxílios visuais em uma tela. E mesmo com os clip-arts bregas (que estão, para sorte de toda audiência, entrando em desuso), ele o faz bem.

Lucy menciona uma condenação famosa do PowerPoint pelo designer de informação Edward Tufte. Tufte critica o software por sua “sequencialidade rígida, um maldito slide após o outro.” E em parte pela relação assimétrica entre o palestrante e o público. Isso é estranho porque Tufte não admite que está, na verdade, investindo contra a ideia da própria oratória. Afinal, o que poderia ser uma sequencialidade mais rígida que uma apresentação? Uma maldita palavra após a outra. Se você odeia a ideia de falar em público, tudo bem. Mas reconheça que seria preciso pouca coisa para melhorar muito a qualidade das apresentações em PowerPoint da maioria das pessoas – muito menos do que seria preciso para melhorar a qualidade do discurso corporativo.

A saída é proibir o PowerPoint?

Então, porque proibir? O verdadeiro problema é bem mais incômodo. É que em um ambiente corporativo, somos obrigados a ler textos escritos por pessoas que não sabem escrever. Assim como assistir apresentações feitas por pessoas sem talento ou treinamento para isso. Há algo de deprimente nisso tudo, mas não se deve apontar o PowerPoint como culpado. Por isso saímos em defesa do PowerPoint.

Bom, para finalizar, gostaríamos de agradecer as sábias palavras de Tim. Ele foi perfeito em sua defesa do PowerPoint. E a colocou de uma maneira que sempre usamos aqui no MonkeyBusiness: Não culpe a ferramenta pelo mal usuário. Um mal artesão sempre culpará suas ferramentas.

Somos o MonkeyBusiness: Estúdio de Motion Design! Produtora de Vídeo, Estúdio de Animação e Agência de Apresentações Criativas. Apaixonados pelo poder de comunicação do Motion Design e especialistas em Apresentação Impactante.

Conte com o MonkeyBusiness. Somos um estúdio de Motion Design completo. Uma Produtora de Vídeo de São Paulo. Um Estúdio de Animação. Uma Agência de Apresentações criativas.

Temos times de atendimento, planejamento, roteiro, direção de arte e motion design especialistas. Todos eles dedicados a criar vídeos, animações e apresentações. Com o objetivo de transformar conteúdo corporativo em audiovisual. Estamos prontos para trabalhar no seu próximo projeto em Motion Design. Seja ele em vídeo, animação ou apresentação. Clique aqui e vamos falar sobre sua próxima animação, vídeo ou apresentação!

MonkeyBusiness: seu estúdio de animação. Produtora de vídeo. E agência de apresentações criativas

Estúdio de animação. Produtora de vídeo. Agência de apresentações criativas com Motion Design. Acreditamos na estratégia, roteiro e motion design para uma comunicação mais eficiente, inteligente e, logicamente, animada. www.monkeybusiness.com.br. Veja mais nos nossos canais do Vimeo e Youtube.



® 2009 MonkeyBusiness LTDA

Estúdio de motion design de São Paulo SP
Produtora Audiovisual / Estúdio de animação / Agência de apresentações profissionais especializados em produção de vídeos, criação de animações e de apresentações criativas

Termos de uso / Privacidade
Fechar
Fechar
Ao enviar o formulário, eu declaro que estou de acordo com a Política de Privacidade. Ou entre em contato diretamente pelo e-mail do nosso time de atendimento comercial especialistas em motion design corporativo aqui: contato@monkeybusiness-com-br.umbler.net.
Ao enviar o formulário, eu declaro que estou de acordo com a Política de Privacidade.
WhatsApp

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.